Abusive Consumption Of Alcohol By Elderly

  • Cecília Danielle Bezerra Oliveira Oliveira
  • Suênia Maria de Almeida Deolino
  • Michelinne Oliveira Machado Dutra
  • Ana Paula Andrade Ramos
  • Jessika Lopes Figueiredo Pereira
  • Francisco Stélio de Sousa
  • Rosilene Santos Baptista
  • Inácia Sátiro Xavier de França

Abstract

Objectives: To investigate the abusive consumption of alcohol in the elderly in the municipality of Santa Cruz - PB.


METHODS: This is a cross-sectional, descriptive study, with quantitative approach with a sample of 170 elderly. To perform the study, three instruments were used: the Mini Mental State Examination (MMSE), a sociodemographic questionnaire and the Michigan Alcoholism Screening Test - Geriatric Version (MAST-G). The data were analyzed in the program Statistical Package for Social Sciences (SPSS - version 21).


Results: 14.7% of the elderly were classified by the MAST-G score as elderly individuals presenting problems related to alcohol abuse, the majority of whom were male, single, with education above 05 years, who reside alone, and present some pathology and make use of medications.


Conclusion: the research points out the need for multiprofessional work in health in Primary Care, in order to develop health actions that include the prevention of alcohol consumption and minimize the deleterious effects of consumption, in order to reduce the number of undesirable events arising from the use of that substance.


Keywords: Primary health care; Alcohol; Old man.

References

1. Soares SM, Lima EDRP, Naegle MA et al. ALCOHOL CONSUMPTION AND QUALITY OF LIFE IN ELDERLY IN THE FAMILY HEALTH. R. Enferm. Cent. O. Min. 2016; 6(3):2362-2376.

2. IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. [homepage na internet]. Estudos e Pesquisas. Informação Demográfica e Socioeconômica. Síntese de Indicadores Sociais 2001-2010. 2010.

3. IBGE. Mudança Demográfica no Brasil no Início do Século XXI. 2015.

4. Ciosak SI, Braz E, Costa MFBNA, Nakano NGR, Rodrigues J, Alencar RA et al. Senescência e senilidade: novo paradigma na atenção básica de saúde. Rev. esc. enferm. USP. 2011; 45(2): 1763-1768.

5. Küchemann BA. Envelhecimento populacional, cuidado e cidadania: velhos dilemas e novos desafios. Soc. Estado. 2012; 27(1): 166-167.

6. Miranda GMD, Mendes ACG, Silva ALA. O envelhecimento populacional brasileiro: desafios e consequências sociais atuais e futuras. Rev. Bras. Geriatr. Gerontol., Rio de Janeiro. 2016; 19(3): 507-519.

7. Senger AEV, Ely LS, Gandolfi T, Schneider H, Gomes I, Carli GA. Alcoolismo e tabagismo em idosos: relação com ingestão alimentar e aspectos socioeconômicos. Rev. bras. geriatr. gerontol., Rio de Janeiro. 2011; 14(4): 713-719.

8. Silva AR, Schimmidt IAR, Almeida RF. Fatores de risco e proteção para dependência química em idosos: desafios para a psicologia da saúde. Psicologia. pt. 2012. 1-13.

9. Jomar RT, Abreu AMM, Griep RH. Padrões de consumo de álcool e fatores associados entre adultos usuários de serviço de atenção básica do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brasil. Ciênc. saúde coletiva. 2014; 19(1): 27-38.

10. Moreira WC, Alencar DC, Magalhães JM, Damasceno CKCS, Lago EC, Frota BC. Educação em saúde para a redução do uso abusivo de álcool na terceira idade. R. Interd. 2016; 9(1): 254-59.

11. Kuhlmann MCMA. Entre o Esquecimento e a Lembrança: uma breve abordagem interdisciplinar sobre a linguagem e Doença de Alzheimer. Revista Anagrama: Revista Científica Interdisciplinar da Graduação, São Paulo. 2014; 7(2).

12. Kano MY, Santos MA, Pillon SC. Uso do álcool em idosos: validação transcultural do Michigan AlcoholismScreening Test – GeriatricVersion (MAST-G). Rev. Esc. Enferm. USP, São Paulo. 2012; 48(4): 648-55.

13. Souza AAM, Sales LR, Gonçalves MS, Botelho TV, Xavier VLL. O idoso alcoolista assistido pelo CAPS: papel da equipe de enfermagem. Revista Norte Mineira de Enfermagem. 2014; 3(2): 79-89.

14. Pillon SC, Santos MA, Kano MY, Domingos JBC, Santos RA. Registros de óbitos e internações por transtornos relacionados ao uso de álcool em idosos. Rev. enferm. ERJ, Rio de Janeiro. 2011; 19(4): 536-540.

15. Jomar RT, Abreu AMM, Griep RH. Padrões de consumo de álcool e fatores associados entre adultos usuários de serviço de atenção básica do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brasil. Ciênc. saúde coletiva. 2014; 19(1): 27-38.

16. Oliveira B, Gonçalves CMS, Lodovici FMM. Idosos etilistas crônicos: indicações para uma mudança de clave em seu atendimento. Revista Kairós Gerontologia. 2013; 16(4): 261-275.

17. Guimarães VV, Florindo AA, Stopa SR, Galvão César CL, Barros MBA, Carandina L et al. Consumo abusivo e dependência de álcool em população adulta no Estado de São Paulo, Brasil. Rev. Bras. Epidemiol. 2010; 13(2): 314-25.

18. Brennan PL, Schutte KK., Moos RH. Retired status and older adults’ 10-year drinking trajectories. J. Stud. Alcohol Drugs. 2010; 71: 165-168.

19. Tavares DMS, Dias FA. Capacidade funcional, morbidades e qualidade de vida de idosos. Texto Contexto Enfermagem, Florianópolis. 2012; 21(1): 112-20.

20. Leite MT, Pai SD, Hildebrandt LM, Silva LAA. Vivências de agentes comunitários de saúde na atenção a idosos acometidos por doenças crônicas. Rev Rene. 2016; 17(4): 576-84.

21. Soares JR. Grupo focal como estratégia para a prevenção da recaída no alcoolismo. Rev. enferm. UERJ, Rio de Janeiro. 2014; 22(4).

22. Steinbrenner JSS, Andrade VRM. Caracterização de um determinado grupo de idosos atendidos em um serviço de saúde pública. Vivências: Revista Eletrônica de Extensão da URI. 2015; 11(20): 223-230.

23. Vargas D, Bittencourt MN, Barroso LP. Padrões de consume de álcool de usuários de serviços de atenção primária à saúde de um município brasileiro. Ciência & Saúde Coletiva. 2014; 19(1): 17-25.

24. Maciel MED. Aplicacao da entrevista motivacional em alcoolista: relato de experiencia. Rev. enferm. Cent.-Oeste Min.2011;1(3):429-34.
Published
2017-04-25
How to Cite
OLIVEIRA, Cecília Danielle Bezerra et al. Abusive Consumption Of Alcohol By Elderly. International Archives of Medicine, [S.l.], v. 10, apr. 2017. ISSN 1755-7682. Available at: <http://imedicalsociety.org/ojs/index.php/iam/article/view/2364>. Date accessed: 23 oct. 2017. doi: https://doi.org/10.3823/2395.
Section
Geriatrics

Most read articles by the same author(s)