Evaluation Of The Elderly On Oral Health In The Basic Attention

  • Carmem Silvia Laureano Dalle Piagge
  • Karoline de Lima Alves
  • Luípa Michele Silva
  • Adriana Maria Moreira Alexandre
  • Mariana de Lacerda Siqueira Brasileiro
  • Cariles Silva de Oliveira
  • Jacqueline Duarte Rocha
  • Mônica Rocha Rodrigues Alves
  • Ana Giovana Medeiros de Oliveira
  • Maria do Socorro Costa Feitosa Alves
  • Antonia Oliveira Silva

Abstract

Background: For aging healthy, the prevention and maintenance of oral health is essential in the general health of the individual. Objective: Thus, we sought to evaluate the elderly's perception of themselves, associating this information with their reported quality of life.


Methods: This is an exploratory descriptive study with a quantitative approach. It was held in the Family Health Units in the city of João Pessoa-Paraiba-Brazil, in 2015. The Geriatric Oral Health Assessment Index questionnaire was used to assess the Socio Dental Indicator.


Results: Were 258 elderly, mostly female, married, who perceive their oral health positively, although they report having suffered limitations, being them physical, psychological, pain or discomfort.


Conclusion: In the face of the evidence, measures are suggested to minimize the gaps, adopting more public policies aimed at the health of the elderly. These measures will ensure better conditions of service and development of projects with the aim of providing ageing with quality of life, to this age group. The results of this study may contribute to educational actions aimed at improving the care of the elderly.

References

1. Carneiro, RS, et al. Qualidade de vida, apoio social e depressão em idosos: relação com habilidades sociais. Psicol. Reflex.crist. Porto Alegre. 2007; 20: 200.
2. Da Silva Giro, AJN, Paúl, C. Envelhecimento sensorial, declínio cognitivo e qualidade de vida no idoso com demência. In: Actas de Gerontologia: Congresso Português de Avaliação e Intervenção em Gerontologia Social. 2013.
3. Veras, RP. Experiências e tendências internacionais de modelos de cuidado para com o idoso. Ciênc Saúde Coletiva. 2012; 17: 231-238.
4. Zago, AS, et al. Trabalho multiprofissional: necessidades reais e as políticas públicas na atenção da população idosa. Rev Ciência Atual. 2015; 5: 02-12.
5. Ministério da Saúde. Projeto SB. Brasil, 2010: resultados principais. Brasília. Ministério da Saúde, 2010.
6 Rovida, TAS, et al. O conceito de saúde geral e bucal na visão dos cuidadores de idosos. Odontologia Clínico-Científica. 2013; 12: 43-46.
7 Catão, MHCV, Gonzaga, AKG, Peixoto, LR. Associação do processo de envelhecimento com o surgimento da doença periodontal. Revista da Faculdade de Odontologia de Lins. 2013; 23: 53-60.
8 Bertotti MEZ, Souza AR, Almeida DV, Macias Seda J, Popim RC. Autopercepção da saúde bucal de idosos em interface com doenças crônicas e uso de medicações. Arq Med Hosp Fac Cienc Med Santa Casa São Paulo. 2015;60:54-60.
9 Rocha, DA, Miranda, AF. Atendimento odontológico domiciliar aos idosos: uma necessidade na prática multidisciplinar em saúde: revisão da literatura. Rev. Bras. Geriatr. Gerontol. 2013; 16: 181-189.
10 Resende CM, Alves AC, Coelho LT, et al. Quality of life and general health in patients with temporomandibular disorders. Braz Oral Res. 2013; 27(2):116-21.
11 Jones, KM, Souza, JGS, Pordeus, IA. Associação entre impactos funcionais e psicossociais das desordens bucais e qualidade de vida entre idosos. Ciência & Saúde Coletiva. 2014; 19(8):3461-3478.
12 Atchison KA, Dolan TA. Development of the Geriatric Oral Health Assessment Index. Journal of Dental Education 1990; 54(11):680-687. In. Costa EHM, Saintrain MVL. Vieira APGF. Autopercepção da condição de saúde bucal em idosos institucionalizados e não institucionalizados. Ciência & Saúde Coletiva. 2010; 15(6): 2925-2930.
13 Geib, LTC. Determinantes sociais da saúde do idoso Social determinants of health in the elderly. Ciência & Saúde Coletiva. 2012; 17: 123-133.
14 Patrício, ACFA. Alves, KL. Santos, JS. Albuquerque, KF. Bezerra, VP. Moreira, MASP. Silva, AO. Rodrigues, TP. Serviço prestado pelo idoso na Estratégia Saúde da Família. Arquivos Internacionais de Medicina. 2016; 9.
15 Vargas, AMD. Saúde Bucal: atenção ao idoso. Belo Horizonte: Nescon/UFMG, 2012; 76.
16 Agostinho, ACMG, Campos, ML, Silveira, JLGC. Edentulismo, uso de prótese e autopercepção de saúde bucal entre idosos. Rev Odontol UNESP. 2015; 44(2): 74-79.
17 Pereira, KCR, et al. Percepção, Conhecimento e Habilidades de Cuidadores em Saúde Bucal de Idosos Acamados. Saúde & Transformação Social/Health & Social Change. 2015; 5(3): 34-41.
18 Vasconcelos, LCA, et al. Autopercepção da saúde bucal de idosos de um município de médio porte do Nordeste brasileiro. Cad. saúde pública. 2012; 28(6): 1101-1110.
19 Moura, LKB, et al. Produção científica sobre saúde bucal de idosos no Brasil. Revista Interdisciplinar. 2015; 7(4): 179-188.
Published
2017-03-14
How to Cite
LAUREANO DALLE PIAGGE, Carmem Silvia et al. Evaluation Of The Elderly On Oral Health In The Basic Attention. International Archives of Medicine, [S.l.], v. 10, mar. 2017. ISSN 1755-7682. Available at: <http://imedicalsociety.org/ojs/index.php/iam/article/view/2409>. Date accessed: 20 nov. 2017. doi: https://doi.org/10.3823/2338.
Section
Geriatrics

Most read articles by the same author(s)